Crueldade ou Ciência? (por: Paulo Rink)

beagle

Acompanho, pela imprensa, o escabroso caso envolvendo um “instituto de pesquisa cientifica” e os ativistas dos direitos dos animais. A repercussão na mídia nacional e internacional reabre a polêmica sobre os métodos utilizados pela ciência para se obter conhecimento.

Agora surgem denúncias de que o Instituto Royal não tinha alvará para a prática de pesquisa cientifica, poderia funcionar somente como um canil. Também, se relata, que o órgão recebeu generosas doações do ministério da ciência e tecnologia, do governo Dilma, para seus experimentos.

Como o poder público, neste país, está sempre correndo atrás do rabo, o prefeitão da cidade de São Roque, cidade onde está localizado o instituto, suspendeu o alvará da instituição por 60 dias.

Claro, que tal medida não visa, necessariamente, o bem estar dos cães. É mais uma medida populista para o alcaide ficar “bem na foto” com a população.

A discussão é ampla e ganha contornos éticos, morais e filosóficos. A ciência, sempre se pautou, para obter conhecimento, no experimento. A sociedade sempre soube disso e, sempre fez vistas grossas para o fato.

Quantas vezes você, com dores por alguma enfermidade, ao tomar um simples comprimido pensou no processo cientifico para obter aquele remédio? Alguma vez você pensou que aquele remédio, fruto de um experimento, trouxe sofrimento a algum outro ser vivo? Ou na hora da nossa dor isso pouco importa?

O que é mais terrível. O sofrimento de um cão ou de uma criança? Até onde vai o nosso egoísmo ou a nossa hipocrisia?

Não é segredo para ninguém que na idade média os experimentos eram feitos em seres humanos, depois com a “evolução” passamos a utilizarmos dos animais.

Também não é segredo e, pensamentos contrários são pura hipocrisia, que o homem racional, sempre submeteu seus “inferiores” ao sofrimento.

Quando saboreamos o nosso tradicional churrasco, em nenhum momento pensamos nos métodos cruéis de abates dos animais, métodos estes muito bem relatados no documentário a carne é fraca.

Claro, que choca vermos indefesos animais sendo cobaias. Claro que é terrível vermos que o martírio, a que são expostos estas doces criaturas, visam entre outras coisas o retorno financeiro para estes laboratórios e o bem estar da sociedade.

Porém, choca muito mais a hipocrisia da sociedade de consumo.

Paulo Cesar Rink.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s