Síndrome do Chef Ramsay (ou síndrome do pequeno poder)

Para quem não o conhece, vou trazer sua BIO assim como consta na Wikipedia, para não levantar suspeitas de que manipularei o texto.

“Gordon James Ramsay, OBE (Johnstone 8 de novembro de 1966), é um chef de cozinha escocês. Gordon Ramsay nasceu em Johnstone, Renfrewshire, na Escócia, e foi criado, desde os cinco anos de idade em Stratford-upon-Avon,Warwickshire, Inglaterra. Ramsay é o segundo de quatro filhos;. Ele tem uma irmã mais velha, Diane , um irmão mais novo, Ronnie, e uma irmã mais nova, Yvonne. Seu pai Gordon (falecido em em 1997) foi, dentre suas profissões: um gerente de clube aquático, um soldador e um lojista. Sua mãe, chama-se Helen Cosgrove, Ramsay descreveu sua infância como “irremediavelmente itinerante”, como sua família se mudou constantemente devido às aspirações e fracassos de seu pai. Em 1976, eles finalmente se estabeleceu em Stratford-upon-Avon, onde ele cresceu na região de Bishopton. Em sua autobiografia, Humble Pie, descreve sua infância como sendo marcado por abuso e negligência deste “mulherengo beberrão”. Ramsay descreve seu pai como um alcoólatra. Com 16 anos, Ramsay saiu da casa da família para apartamento em Banbury.

Além de diversos restaurantes espalhados pelo Reino Unido e Estados Unidos, Ramsay é protagonista de diversos programas televisivos, entre eles alguns reality shows, onde se notabilizou pela aspereza necessária com que trata os participantes”.

Fonte: Wikipedia (http://pt.wikipedia.org/wiki/Gordon_Ramsay)

GordonRamsayYelling

Acredito que os editores deste artigo no Wikipedia suavizaram muito ao usar o termo “aspereza necessária” para definir o tratamento do Chef Ramsay nos programas de televisão. Não sejamos, claro, irresponsáveis a ponto de não achar que, em parte, a personagem Ramsay é necessária para ilustrar o tipo de programa que faz.

Porém, saindo do fantástico mundo da televisão e abstraindo esse novo mundo de trabalho, onde os cozinheiros ganharam uma hierarquia e superexposição nunca vistos, pretendo provocar a reflexão sobre o que estou chamando de Síndrome do Chef Ramsay (SCR) – a qual um amigo também denominou síndrome do pequeno poder, o que explicarei adiante.

Utilizo a SCR não apenas para explicar o modo de agir de chefes (patrões, e não apenas chefs de cozinha) que tem se dedicado a teatralizar um pseudo poder, usando de personagens exóticos para humilhar e destratar seus subordinados, indistinta e recorrentemente. Com a loucura do mundo, tenho visto pessoas perderem os valores e, consequentemente, o respeito no lidar com o próximo. Mas este grupo de contaminados pela SCR parece crescer em proporção geométrica, como Gremlins adequadamente alimentados pela sede de poder, mesmo sem tê-lo.

Enquanto o SCR protagoniza cenas quase hilárias na televisão ao destratar as pessoas e é aplaudido por isto, no seu escritório, o seu chefe te humilha, desrespeita, e joga qualquer possibilidade de tratamento pessoal e afetivo saudável pela descarga do banheiro sujo. E você tem duas escolhas: manter o emprego, ou partir para outro lugar. O problema é que eles estão se multiplicando, e talvez, amanhã, você se torne um deles.

Sim, a SCR contamina. E por isso acredito no que o meu amigo me falou, ao chamar de síndrome do pequeno poder (SPP): a SPP e a SCR nada mais são do que doenças de sociopatas que precisam de qualquer forma institucionalizada de poder para extravasar sua mediocridade e pôr à prova a paciência de seres que não receberam uma fatia do mesmo bolo de poder. A arrogância e a prepotência destes contaminados pela SCR, pela SPP, se equipara a um mundo de pequenos ditadores.

O problema, Pequenos Ramsay, é que vocês não são Neros, Hitleres ou Gordons. Vocês são imbecis que acreditam que um cargo significa um sapato maior para pisar nas pessoas. Procurem um médico!

Por: Daniel Pinheiro (com valorosa colaboração de um grande amigo!)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s