A ignorância é a última que morre! (por Daniel Pinheiro)

Dois de nossos artigos mais lidos aqui falam de temas que podem ser vistos sob a ótica da polêmica ou do conformismo (por incrível que pareça). Um deles fala sobre os sociopatas e, o outro, sucesso de público e crítica, a transição da ideia do consumismo para o prática do consumerismo (procure nos arquivos do blog).

Estamos vivendo o que eu chamo de, talvez, a pior fase da história da economia brasileira. Isso mesmo! É, sem dúvida alguma, a PIOR fase da economia. “Nunca antes na história deste país” foi possível presenciar tamanha ignorância coletiva, da população, de empresas, de governantes e da maioria dos “viventes”, que acreditaram e se orgulham do discurso “Casas Bahia”.

Em 2008 o mundo entrou na chamada “Crise”, ou melhor, na “marolinha” como disseram por aqui. Foi, talvez e literalmente a gota d’água para uma série de acontecimentos que coroaram o que podemos chamar, de completo e absurdo descaso com a população brasileira. Explico? Melhor…

Do ponto de vista da política, sabemos que historicamente o interesse o populismo dominaram este país. Se não for para admitir isto, melhor nem começar uma discussão, senão ela será tendenciosa. Nenhum dos partidos, ou dos pseudo-partidos, que assumiram o poder, historicamente, trouxe uma discussão coerente dos rumos da economia deste país. Isto me leva a dizer que, do ponto de vista da economia, não creio que nada neste país tenha sido realmente em prol do bem coletivo.

Desenvolvimento, por estas bandas, quando não teve o significado curto e grosso (literalmente) do crescimento, teve o siginificado da exploração e do lucro fácil, de curto prazo, e que beneficiou grupos. Ora de classes políticas, das oligarquias agrárias. Ora dos industriários (que, acho eu, veio da primeira classe). Ora dos banqueiros, que financiam as duas primeiras…sei lá! O fato é que, se a concentração de renda é cada vez maior (ao contrário do que os dados parecem mostrar, continuo falando isso sem dar um argumento plausível ou um dado concreto, só para ver se alguém se atrave a concordar com isto…), por que ainda assim, incentivamos um consumo exagerado?

Ah – você pode falar – esse cara endoidou de vez! Está falando as maiores bobagens. Mas, tá, vamos dar um crédito a este maluco e perguntar o motivo? Ok, aqui está o motivo:

[via Portal UOL] Custo de Produção de Tablets terá Redução de 31%

Enfim. Em um país onde pagamos um combustível caríssimo (cuja matriz de transporte “sentou em cima” do Petróleo), onde os alimentos estão sendo vendidos a um preço absurdo, ter um Governo que se preocupa com a produção de Tablet, é chamar de ignorante todo e qualquer brasileiro que tenha o mínimo de bom senso seja ignorante. Já não bastasse em período de crise incentivar a população a comprar carro e os famosos “linha branca” (bagulhos, no fim das contas, pois jogaram um monte de geladeiras “velhas” fora pra comprar uma geladeira “nova”). Que tal baixar o preço do alface, do tomate, do trigo? Que tal incentivar a produção de orgânicos? Que tal subsidiar (SIM) o pequeno produtor rural, que cuida da terra e de seus filhos, e ainda produz de forma sustentável, preserva a cultura de sua região, e vive com menos recursos, gerando produtos mais saudáveis? Ah, isso não dá IBOPE.

Assim, despeço-me: obrigado aos sociopatas do governo, que mais uma vez demonstram que consumismo é o melhor caminho. Depois, quando não souberem porque as pessoas não pagam suas dívidas, porque assaltam e sequestram tanto, não me perguntem a resposta. Os EUA, aliás, já mostraram o que é ter uma sociedade “doente” e quais as suas consequências, e ainda sofrem com isso, aliás. Mas, não foram somente eles. Tem muita gente que sabe o quanto isso dói.
O último a sair, apague a luz. Se tivermos energia, ainda.

Daniel Pinheir

Uma opinião sobre “A ignorância é a última que morre! (por Daniel Pinheiro)”

  1. Pois é, agora passamos fome, mas estamos antenados e moderninhos com o tablet!Se bem que se depender do MEC “nós não passa fome, porque nós pega o peixe”!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s