Meus Heróis NÃO Morreram de Overdose (por Raul Avelino)

Amigos Leitores,

Esse texto serve para pagar uma divida antiga que tenho com o DEBATEPRONTO que era a de publicar textos próprios, pois ha tempos não o faço. Contudo, o titulo eu plagiei do trecho de um texto que me foi enviado por um amigo Coronel de Cavalaria do Exercito que por sua vez o recebeu de seu original autor C.A.B.Moreira, um amigo seu de turma dos tempos da AMAN que doravante alcunharei de Coronel Moreira.

Esse mesmo texto me instigou à pesquisa no Google que gerou o post “À MEIA NOITE LEVAREI O TEU VOTO”, assim como me inspirou a pagar outra divida, essa minha comigo mesmo, com o meu senso de civismo e com o meu mais puro sentimento patriótico (pena que hoje em dia muita gente sequer tenha noção do que isso significa) e escrever algumas verdades que embora escancaradas teimamos não ver.

Embora eu já venha há muito tempo tratando do assunto, tenho me limitado à reprodução de produções de terceiros o que acho ótimo, já que esse povo a quem tenho publicado escreve muito melhor do que eu. Ocorre, pois, que desta vez sinto-me na obrigação de eu mesmo produzir algo a respeito sem, no entanto, deixar de dar crédito às boas idéias que me inspiram a fazê-lo e com as quais concordo plenamente.

Outro dia assisti a uma entrevista do Gabeira em que ele foi muito esclarecedor acerca dos acontecimentos políticos no Brasil dos anos 60 e 70. Ele explica que havia basicamente dois tipos de resistência ao regime militar, um formado fundamentalmente nas universidades e que lutavam pela volta da democracia e outro que eram os movimentos armados, que lutavam não pela volta da democracia, mas pela substituição da ditadura militar por outra ditadura, a do proletariado. Esses grupos dos quais eram integrantes boa parte dessa caterva do PT e que hoje está aboletada no poder (dentre eles, Dilma, Genoino, Zé Dirceu, entre outros) é que foram os responsáveis por uma série de crimes como seqüestros, atentados terroristas e assaltos a bancos, crimes estes que levaram a sociedade a exigir que as forças legalmente estabelecidas tomassem o poder e restabelecessem a Lei e a Ordem. Missão cumprida prontamente, contudo pecou-se pela misericórdia, pois segundo um conhecido provérbio árabe “Quem poupa seus inimigos, nas mãos deles perecerá”.

Isso é fato, isso é história. História que essa malta de terroristas, hoje anistiados e beneficiados com pensões e indenizações milionárias pagas com o meu e o seu dinheiro, insistem em negar ou distorcer como bem esclarece o Gabeira, como forma de promover uma espécie de volta ao passado e apagar seus erros transformando-se vitimas e mártires como se à época estivessem imbuídos das melhores das intenções.

Agora pelo que tudo indica existe mais esta tramóia com o tal software que sorrateiramente transferirá parte dos votos contrários pra terrorista como forma de se confirmar o que as pesquisas mal intencionadas e bem direcionadas anunciam.

Parece teoria da conspiração? Bem, vindo de onde vem não duvido de nada, ou avaliando as práticas petistas que envolvem uma série de outros crimes bem mais hediondos (lembrai-vos de Celso Daniel, que Deus o tenha…), alguém julga que eles não seriam capazes de tal artimanha?

Confirmada a catástrofe anunciada, o que se seguira será a dilapidação total do pais, Forças Armadas sucateadas, a sagrada independência dos Poderes corrompida, os MSTs da vida cada vez mais fortalecidos e os carcarás a se banquetearem na carniça custe o que custar.

E quanto a nós reles mortais? Bem, nós continuaremos trabalhando cada vez mais para podermos arcar com impostos cada vez maiores para bancarmos o deleite da corte e isso tudo sem poder expressar qualquer descontentamento, do contrario… Paredón! (Lembrai-vos de Boris Casoy, que a BAND o conserve).

É, é isso que nos espera e é por isso que eu coaduno minhas idéias com as do meu amigo Coronel Seabra e de seu amigo Coronel Moreira. Eu acho que soubemos escolher nossos heróis, pois não morreram de overdose, mas sim lutando dignamente por democracia, honestidade, ética e caráter! Princípios e conceitos, infelizmente tão fora de moda atualmente em Terras de Vera Cruz.

E quando, diante disso tudo, vejo uma massa de manobra composta por infelizes sem consciência e sem capacidade de reação, não me reconheço no meu povo e não me sinto em casa dentro do meu próprio país!

Não me identifico com um povo que esperou mais de vinte anos para ter de volta a democracia para agora seu voto por meia dúzia de trocados dados a titulo de esmola! Não me reconheço num povo que tem na democracia o salvo conduto para as práticas mais mesquinhas e nefastas!

Que democracia é esta que revela a face de um povo sedento por vantagens pessoais e acha isso tudo normal sob a vil alegação de que “Ah, se eu estivesse lá no poder ia fazer a mesma coisa, ia tratar de me arrumar”!   Quantos dos senhores já não ouviram esse tipo de comentário? E pior! Quantos dos senhores já não tiveram e ainda tem esse tipo de pensamento?

O nível de algumas candidaturas e o passado sujo como pau de galinheiro de outras, registradas para esse pleito é a estratificarão fiel do eleitorado  e o senhor tem razão Coronel Moreira, quando escreve que o povo estará muitíssimo bem representado ao eleger o Tiririca!

Em tempo, informo que o titulo do texto do Coronel Moreira é “O Enigma da Esfinge, decifra-me ou te devoro”, e assim, diante de  tão tristes constatações, temos que o enigma foi decifrado e que, portanto, sobrevivemos bravamente, quando não nos reconhecemos num povo tão pobre e tão infeliz, ainda que esbanjando alegria com o vale gás, o bolsa escola, e que tais.

Um grande abraço a todos,

Raul Avelino.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s