LA-TÃO

Já estão chamando de latão!

Paulo Rink

—————————

TAM anuncia acordo de fusão com a LAN e cria a Latam Airlines

Atualizada às 18h35

Fonte: Portal Terra

A TAM anunciou nesta sexta-feira que celebrou um memorando de entendimentos com a chilena LAN para fusão das duas companhias, dando origem a um grupo batizado de Latam Airlines. Segundo a empresa brasileira, a união das duas formará uma companhia de aproximadamente 40 mil funcionários e oferecerá voos para cerca de 115 destinos em 23 países. Juntas, TAM e LAN tiveram receita de cerca de US$ 8,5 bilhões em 2009.

A LAN terá seu nome alterado para Latam Airlines Group, mas as marcas TAM e LAN Airlines serão mantidas, “uma vez que cada companhia continuará a atuar com sua respectiva marca”, informou a companhia aérea brasileira.

As companhias esperam sinergias de US$ 400 milhões com a união. A operação será encaminhada para avaliação de órgãos reguladores no Brasil e Chile, como Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A TAM fechou o mês de julho de 2010 com 43,0% de participação no mercado doméstico e com 82,7% de participação no mercado de voos internacionais para o Brasil. A empresa voa para 44 cidades do Brasil e, com os acordos comerciais firmados com companhias regionais, a 88 destinos diferentes do território nacional. As operações para o exterior abrangem voos diretos para 18 destinos nos Estados Unidos, Europa e América do Sul.

A TAM encerrou o primeiro semestre de 2010 com uma frota de 143 aeronaves, composta por Airbus A340, A330, A321, A320 e A319, alem de modelos Boeing B777 e B767, operando aproximadamente 720 voos domesticos e 90 voos internacionais diariamente.

A LAN e suas subsidiárias atendem a cerca de 70 destinos ao redor do mundo, na América do Norte, Europa e com o Pacífico Sul. Atualmente, a LAN e suas subsidiárias operam com 86 aeronaves de passageiros. A LAN Cargo e suas respectivas subsidiárias possuem uma frota de 11 cargueiros.

Ações da TAM deixam Bovespa

Segundo documento enviado à Bolsa de Valores de São Paulo, pelos termos da operação proposta, os atuais acionistas da TAM receberão, no final do processo, 0,9 ação da LAN por uma que detém da TAM. A empresa brasileira deixará de ser listada nas bolsas de valores de São Paulo e Nova York.

A LAN, enquanto isso, continuará a ter papéis negociados nas bolsas de Santiago e de Nova York, e também Brazilian Depositary Receipts (BDRs) na Bovespa.

A relação de troca das ações da TAM por ações em forma de BDRs da LAN será igual para o acionista controlador da empresa brasileira, a família Amaro, e para os minoritários que não fazem parte do grupo de controle, “de forma a garantir o tratamento igualitário dos acionistas”.

Com informações da Reuters.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s