Desafio DebatePronto (por João Luiz Erthal)

A interessantíssima resposta de João Luiz Erthal. Aliás, estou convidando-o oficialmente para o blog há um tempo, e espero que vocês ajudem no convite. Gosto do seu estilo, de se auto questionar, de nos questionar, de construir desconstruindo, de ver as coisas de uma forma que acho muito legal.

E, concordo com ele: tudo muito assustador.

Lembrando que, para participar, basta enviar para daniel.m.pinheiro@gmail.com um texto respondendo a uma das seguintes perguntas: Por que você acha que o mundo vai acabar em 2012? (ou) Por que você acha o mundo não vai acabar em 2012?

Daniel Pinheiro

——————————————————–

Quanto a sua pergunta um tanto filosófica, mas nem tanto catastrófica, penso o seguinte:

Tudo vai ser como antes, um pouco mais hard (difícil) em questões de humanidade, muita gente, a falta de alimentos (tenho medo que os chineses e indianos resolvam invadir o mundo), as fábricas não vão parar de despejar milhares de bens de consumos, aviões (Embraer já está na china que não parece, mas tem muita tecnologia) carros, tvs e aí vão. A tecnologia cada vez mais afinada. Os chips hoje nos animais, amanhã talvez no homem, vide os carros com gps, uma verdadeira loucura. Melhor parar.

Outras alternativas são:

Quem tiver mais dinheiro sobreviverá (talvez seja o óbvio ululante) quanto a várias questões, tais como deslocamento para regiões menos afetadas (pode ser até sub-solo ou quem sabe, mais futurista, para estações planetárias ou coisa parecida).

Quem for mais criativo em vários aspectos também sobreviverá. Difícil dizer em que tipo de criatividade. Talvez armazenamento de alimentos, nova tecnologia (a bolha lembra? de Atlantis ? uma bolha) de desumidificar, ou melhor, de purificar o ar, desenvolvimento de alimento sintético (coisa que já existe), outro tipo, sabe?

Que saudades de Orson Welles ou de Julio Verne, grandes futuristas com visões incríveis né ? Tudo muito assustador.

João Luiz Erthal

Anúncios

2 opiniões sobre “Desafio DebatePronto (por João Luiz Erthal)”

  1. Muito bom João, não nos prive por tanto tempo de suas observações oportunas e objetivas, venha logo para o quadro de colaboradores, voluntários é bom que se diga, do debatepronto.
    Um abraço,

    Raul Avelino
    Ps – Daniel, “construir desconstruindo” foi muito bom, mas ficaria melhor se dito pelo Alek Fidleis…brincadeirinha…rararara…

  2. Pingback: Trackback

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s