Requeijão versus Pimenta

Prefiro não comentar. Deixemos que o tempo, o vento, o alinhamento dos planetas… nos mostre quem é quem nesta questão.

Daniel Pinheiro

———————————————————————

Requião acusa Pimentel de ter causado rombo

Ex-presidente da Copel teria provocado um prejuízo de R$ 36 milhões na Fundação Copel. Ex-governador nega

Publicado em 25/11/2009 | Rhodrigo Deda

Fonte: Gazeta do Povo

O governador Roberto Requião acusou ontem o ex-presidente da Copel Paulo Pimentel de ter provocado um rombo de R$ 36 milhões na Fundação Copel. Durante o programa Escola de Governo, Requião disse que, após ter informações de que o Banco Santos poderia quebrar, determinou a retirada dos recursos da fundação investidos no banco. Porém, segundo o governador, a ordem não foi cumprida, porque Pimentel teria dado uma contraordem, determinando que a diretoria da fundação mantivesse os investimentos. O ex-governador Paulo Pimentel nega ter dado essa ordem.

“Tive a informação de que o Banco Santos estava em situação difícil. No mercado financeiro, era certo que ele quebraria”, disse ontem Requião. “Assim, chamei a direção da Copel para uma reunião e, como representante do acionista majoritário, determinei a retirada de todos os recursos investidos pela fundação no Banco Santos.” O governador afirmou ainda que houve uma “contraordem” da qual não teve conhecimento, dada por Paulo Pimentel.

O delegado da Polícia Federal José Castilho Neto, que está cedido para a Corregedoria do estado, afirmou que os recursos da Fundação Copel foram mantidos no Banco Santos até depois da quebra da instituição financeira, em 2004. Dos R$ 166 milhões que estavam aplicados no banco, R$ 130 milhões foram recuperados. “A Fundação conseguiu retirar os recursos aplicados em fundos de investimentos, com auxílio do Banco Central. Mas os R$ 36 milhões que estavam em Certificados de Depósitos Bancários (CDB) se perderam”, afirmou Castilho.

“Em e-mail datado de 23 de setembro, de forma bastante incisiva, dirigido ao senhor Murilo Batista Júnior (então presidente da Fundação Copel), e assinado por Paulo Cruz Pimentel, deixa clara a contraordem de manter os investimentos no Banco Santos”, disse Castilho. Segundo ele, o inquérito administrativo que está realizando na Corregedoria deve terminar em 30 dias.

Pimentel nega as acusações. “Nunca fiz esse pedido, nunca dei um palpite sobre a gestão dos recursos da fundação.” De acordo com Pimentel, o presidente da Copel não poderia pedir à fundação que mantivesse seus ativos no banco. “Na Fundação Copel há um conselho responsável em fazer aplicações de seus recursos. Eles seguem orientações do Banco Central.”

Segundo Pimentel, na época em que ocorreu a quebra do Banco Santos, chegou a ser aberto um inquérito na Procuradoria-Geral da Polícia Federal, que foi arquivado. Ele disse também que a Secretaria de Previdência Complementar também fez uma auditoria nos procedimentos que haviam sido adotados pela Fundação Copel ao aplicar seus recursos. “A secretaria arquivou o procedimento por unanimidade. Não houve irregularidades.”

Essa é a segunda polêmica levantada pelo governador envolvendo a Fundação Copel, em menos de um mês. Semanas atrás, Requião reclamou que a fundação não teria cumprido uma ordem sua para comprar ações do Terminal Portuário da Ponta do Félix, em Antonina.

Fundo

Conheça a instituição:

O que é

Criada em 1971, a Fundação Copel de Previdência e Assistência Social é uma entidade de Previdência Complementar e não possui fins lucrativos. Além da criadora do fundo, a Copel, outras quatro empresas integram a entidade: Lactec, Escoeletric, Tradener e Compagás. A entidade administra planos de benefícios previdenciários e presta serviços assistenciais aos participantes e seus dependentes.

Patrimônio do fundo

R$ 4,866 bilhões (dado referente a junho deste ano).

Posição no mercado

É a 1ª entidade da Região Sul em volume de recursos administrados e a 13ª do país.

Total de participantes

– 9,6 mil contribuintes.

– 5,8 mil aposentados e pensionistas.

– 22 mil dependentes (planos de saúde).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s