Dúvida inusitada… (futilidades da vida cotidiana)

Ouvindo a BandNews FM hoje pela manhã, eis que a Inês de Castro lê uma dúvida do ouvinte, a qual transcrevo, mais ou menos fielmente (pois, ri muito, como deveria de ser, com a inutilidade do caso):

“Tenho um casal de amigos gays. Eles têm um lindo gato persa, que está fazendo aniversário. Eles vão dar uma mega festa para o gato. Pergunto: devo ou não levar presentes para o gato?”

Bom, eu classifico uma coisa deste tipo como: bizonha, horrenda… Mas, sabe o que é pior? Tem muita gente que vai querer me matar, só porque eu acho isso uma imbecilidade. Mais um exemplo do consumismo, que parece surgir de um retardo mental coletivo. E ainda, discutir se “é isso que o gato vai mesmo querer, ou vai preferir os afagos dos donos”. Tenha piedade, D. Inês de Castro.

Pessoas inteligentes não deviam fomentar este tipo de debate. Ainda bem que não sou uma delas.

Sério. O que você acha?

Cansei destas futilidades. Vou perguntar para o Alek Fidelis se ele tem um gato. Persa. Lindooooo.

Daniel Pinheiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s